Grupo PSD - Assembleia Municipal de Lisboa


23 de Abril de 2012

São 5 anos o tempo em que já se arrasta o processo de reconversão do Quartel da Graça e da sua área envolvente.

Desde 2007 em que o Ministério da Defesa e a CML estabeleceram o primeiro protocolo que a Câmara municipal vem repetindo a promessa de uma imediata recuperação daquele espaço do casco antigo da cidade, com a construção de um jardim que ligaria ao miradouro da graça. Parte integrante desta incumprida promessa são novas áreas de estacionamento para moradores que viria responder às necessidades da freguesia que se encontra, nos últimos anos, sob forte pressão neste aspeto.

O Presidente da Junta da Graça Paulo Quadrado lamenta que a Câmara continue a não dar conhecimento das razões para este silêncio sobre o projeto do Quartel da Graça que prenuncia uma, eventual, gestão de calendário eleitoral por parte de António Costa que é contrária às necessidades urgentes da cidade e dos seus habitantes.

A Freguesia da Graça possui mais de uma centena de fogos municipais que se encontram em mau estado de conservação e, a sua maioria, em situação de devolutos. O PSD considera inadmissível que o executivo de António Costa 2 anos após de ter visto viabilizado pelo grupo do PSD os fundos criados para o Programa de Investimento Prioritário de Reabilitação Urbana (PIPARU), no valor de 120 milhões de euros, a Câmara não tenha uma estratégia definida e ações concretas no terreno. Na rua da Graça são mais de 30 fogos que se encontram devolutos, sem que exista uma definição do seu futuro, tendo os seus moradores, na sua maioria idosos fregueses na Graça há dezenas de anos, realojados por bairros municipais por toda a cidade.

Esta campanha irá desenrolar-se com visitas sistemáticas às freguesias de Lisboa e teve como ponto de partida a Freguesia da Graça.

António Prôa, líder da bancada social-democrata e deputado da Assembleia da República, acompanhado pelo presidente da Junta Paulo Quadrado, pôde confirmar no terreno a importância do papel que as Juntas de Freguesia têm na cidade perante as situações com que foi confrontado. Exemplo disso, foi a visita à escola EB1 Natália Correia, cujo processo de reabilitação se encontrava há demasiado tempo bloqueado pela inércia municipal e para o qual a Junta de Freguesia assumiu dar uma solução. Hoje, dezenas de crianças usufruem de instalações recuperadas, e dentro do curto prazo que estava previsto e assumido pelo presidente da Junta de Freguesia. 


28 de Julho de 2011

No seguimento de anteriores reuniões o grupo do PSD da Assembleia Municipal de Lisboa visitou o Bairro dos Alfinetes. Esta visita decorreu no passado dia 26 de Julho, com a participação do Presidente de Direcção de bancada, Deputado António Prôa e do Vice – presidente Eng. Graça Gonçalves, que foram acompanhados pelo representante dos moradores, Sr. Manuel Canoças.

 

No local pode constatar-se que as obras de ampliação e preparação da linha ferroviária para o TGV  e ligação à Terceira Travessia do Tejo decorrem a ritmo acelerado o que, segundo os moradores, coloca em risco a estabilidade das casas do bairro para além, do incomodo obvio que as respectivas obras provocam, principalmente as que estão a menos de 20 metros do local da intervenção.

 

A falta de segurança e a forma descuidada como estavam o local das obras, abertos à população depois do horário de funcionamento de obra, foi outro assunto que foi levantado, derivado ao perigo existente, principalmente, para crianças.

O número de fogos emparedados no bairro foi algo que despertou a atenção dos deputados, bem como, a necessidade desses fogos serem recuperados e entregues a população carenciada da cidade de Lisboa que aguarda a atribuição de casa.

Os moradores explanaram outras preocupações para as quais ainda não obtiveram respostas por parte do Executivo Camarário:

  • A ampliação da linha vai provocar a deslocação da população das actuais residências?

  • Ficará a linha demasiado próxima dos fogos?

  • Quais são as soluções que a CML, tem para os problemas que o ruído irá provocar no Futuro, com o aumento de tráfego ferroviário?


Nesta visita, o grupo do PSD na AML ainda pôde avaliar a manutenção que a Gebalis tem efectuado no Bairro dos Alfinetes, sendo perceptível que basicamente tem se cingido a uma intervenção cosmética. O parque infantil apresenta boas condições, o mesmo já não se poderá dizer do campo, existindo a ameaça de serem desmantelados devido as obras de alargamento da via.

O Grupo do PSD continuará a desenvolver os procedimentos ques se encontram dentro das suas competências no sentido de obter, das diferentes públicas entidades envolvidas neste processo, as respostas que possibilitem a rápida resolução dos problemas existentes.


26 de Julho de 2011

No passado dia 14 de Junho de 2011, o Grupo Municipal PSD, representado pelos Vice-Presidentes Eng. Graça Gonçalves e Dr. Filipe Pontes e pelo deputado Fernando Brancamp, dirigiram-se à Vila Dias na Freguesia do Beato acompanhados por um grupo de moradores.

Nessa visita, os deputados municipais puderam abservar as condições precárias em que a população da vila vive. O desconhecimento por parte da população, do verdadeiro proprietário, tem levado a um abandono da preservação da vila, nomeadamente a degradação acentuada dos fogos Habitacionais e a diminuição da qualidade de vida.

O abandono a que o Bairro tem sido sujeito por parte do executivo da Câmara de Lisboa o CML é em parte responsável pelo estado de acentuada degradação que o bairro vive.

O PSD na Assembleia Municipal de Lisboa comprometeu-se em desenvolver os procedimentos possíveis, dentro das suas competências, para encontrar uma forma de alertar o Executivo Camarário para os problemas reais deste bairro para que a CML possa encontrar uma solução para esta população.


04 de Fevereiro de 2011

Foi no passado dia 14 de Dezembro que uma delegação do Grupo do PSD visitou a Freguesia de Benfica para re­colher dados sobre a situação actual em que se encontram as Vilas Ventura e a Vila Ana, dois edifícios centenários e um dos últimos testemunhos arquitectónicos das casas apalaçadas e quintas através das quais a freguesia de Benfica era conhecida no século XIX.

A delegação do Grupo PSD foi constituída pelos deputados Luís Graça Gonçalves, Inês Dentinho e Fernando Braancamp, enquanto coordenador do PSD para a Comissão Permanente de Habitação. 

A visita foi acompanhada por Alexandra Carvalho representante do Movimento de Cidadãos pela Preservação da Vila Ana e Vila Ventura, que efectuou uma apresentação detalhada do problema e das soluções que este movimento preconiza, atendendo que nos últimos anos, os seus proprietários votaram-nas ao abandono (pelo que se encon­tram actualmente em estado de degradação evidente) e manifestaram o propósito de as demolir, apesar de ambos os imóveis se encontrarem inscritos no "Inventário Municipal de Património".

O Grupo do PSD recolheu um conjunto de informações que serão analisadas no sentido de poder actuar dentro das competên­cias que possui em sede de Assembleia Municipal.

 

   

                     Vila Ana                                               Vila Ventura

 

A Direcção do Grupo do PSD/AML


22 de Setembro de 2010

Este é o panorama de uma das Igrejas emblemáticas da capital de Portugal.

 


22 de Setembro de 2010

Imagem da Galeria Interior

 

Andaimes a segurar o tectos

 

Pormenor dos tectos

 

Padre João Nogueira apresenta os problemas estruturais que o templo possui

 

Cerca de 4 dezenas de alguidares defendem o soalho da entrada das chuvas pelos telhados em ruína

 

Imagem de uma das salas do interior do edíficio

 

O escoramento das paredes procura evitar a queda das paredes

 

Imagem do interior da igreja que serve o culto à paróquia diariamente

Discussão Pública da Proposta de Revisão do Plano Director Municipal. De 7 de Abril a 20 de Maio.
Participe!

Mapa do sítio  /  
Ficha técnica  /